Entrar / Cadastrar

Notícia
 
16/06/2015 osoldiario.clicrbs.com.br
 
Estaleiro aposta no alto padrão e lança em Itajaí iate de 83 pés
 

Dentro do galpão industrial do estaleiro Azimut, em Itajaí, o primeiro iate de 83 pés da marca montado no Brasil é tratado como uma joia. Ainda protegida dos holofotes, a embarcação de alto luxo, avaliada em R$ 20 milhões, é a maior já construída pela empresa italiana no país e a nova aposta para o mercado brasileiro _ justo num momento em que as chamadas embarcações "de entrada", menores e mais baratas, começam a sentir os efeitos da retração econômica. Para a presidência da marca no país, é a hora certa para alçar voos mais altos: não há crise para sua seleta (e milionária) clientela.

- Não tem crise no mercado do luxo - confirma o italiano Davide Breviglieri, CEO da marca no Brasil e o responsável pelo crescimento do portfólio da empresa, que já constrói por aqui modelos de 42, 43, 50, 60 e 70 pés.

O 83 made in Brasil segue as linhas e os padrões do modelo Azimut 80 pés europeu, mas, por aqui, ganhou um espaço gourmet que rendeu ao barco um pouco mais de comprimento. É o local reservado para o churrasco, uma exigência do público tupiniquim. No lado de dentro, a decoração é ao estilo italiano e a embarcação está equipada com alta tecnologia.

É o quinto modelo construído pela Azimut em Itajaí, e o primeiro a ser apresentado em versão nacional num prazo tão curto _ o original italiano foi lançado há um ano e recebeu os principais prêmios mundiais na categoria. Não à toa, a montagem tem aguçado a curiosidade no mercado. Prova disso é que fotos da montagem feitas às escondidas já circulam na internet.

Uma equipe de Itajaí foi à Itália acompanhar o processo de montagem no ano passado, para que tudo fosse executado com perfeição. Os bons resultados da empresa com os iates de 70 pés lançados em 2014 no Brasil encorajaram o estaleiro a dar um passo mais largo _ o plano era entregar três Azimut 70 no ano, mas o estaleiro deu conta de cinco.

No caso do 83, a previsão é entregar mais uma até o fim do ano, e em breve executar em Itajaí não apenas a montagem, mas todos os processos de fabricação do iate.

O primeiro Azimut 83 brasileiro deve receber o acabamento nas próximas semanas e será colocado na água para testes em junho. A entrega deve ocorrer um mês depois, em Angra dos Reis (RJ). O proprietário, que tem o nome mantido em sigilo, tem comparecido periodicamente ao estaleiro em Itajaí para acompanhar o andamento do projeto _ a proximidade é um dos diferenciais oferecidos pela marca para garantir que o cliente veja de perto o nascimento do iate.

Até a entrega, porém, o trabalho será intenso: pelo menos 50 pessoas trabalham diretamente nas etapas de montagem, em um serviço essencialmente artesanal. Cada barco que sai da fábrica precisa ter o mesmo padrão do similar europeu, por isso todos os suprimentos são trazidos da Itália.

- Cada joia tem que ser a mesma - diz Breviglieri, que compara. Há quem diga que um 83 é como uma Ferrari. Eu diria que é um Bentley.

Azimut 83 pés
R$ 20 milhões
25,2 metros de comprimento
60 toneladas
3 pavimentos
4 suítes
5 banheiros
1 hidromassagem
1 jacuzzi ao ar livre
 


 PUBLICIDADE  R7


           
Facebook
Youtube
RSS
Twitter
O Portal Seja um Parceiro Fale Conosco
Mercado Náutico Notícias FAQ
Iate Clubes e Marinas Destaques Política de Privacidade
Produtos & Serviços Dez Mandamentos Termos e Condições de Uso
Plano de Navegação Cadastrar-se    
Caderno de Navegação Entrar    
           
© 2017 - Portal Náutico Brasil - Todos os direitos reservados.